21 de janeiro de 2011

São todos iguais.



TEMOS QUE NASCER MUITAS VEZES
PARA NOS VERMOS LIVRES DELES.
FADO PORTUGUÊS?


Sem comentários:

Enviar um comentário