3 de dezembro de 2010

Portugal acolhe jogo do Mundial da Rússia no quintal de José Milhazes


Segundo Mário Botequilha do Jornal IP a organização do Mundial de 2018 foi entregue à Rússia e Portugal, uma candidatura conjunta surpresa que é fruto da experiência adquirida por Gilberto Madaíl, a jogar em dois tabuleiros, quando despediu Carlos Queiroz. A Rússia vai acolher a abertura, o encerramento, a final, os oitavos de final, os quartos de final, as meias-finais e os bordéis e Portugal organiza o Coreia do Norte x Eslováquia no quintal da casa do jornalista José Milhazes, em Moscovo, numa terça à noite. O INIMIGO apurou que a apresentação de Sócrates, esta manhã, em Zurique, levou a FIFA a cortar dois índices ao rating da candidatura ibérica. O secretário de estado Laurentino Dias ainda tentou substituir a presença do primeiro-ministro por um outdoor de Cláudia Vieira em cuecas, colocado em frente à sede da organização, mas já era demasiado tarde.


Sem comentários:

Enviar um comentário