27 de outubro de 2010

Passos Coelho surpreendeu tudo e todos



Passos Coelho foi à reunião para a discussão do orcamento acompanhado de duas testemunhas, um guitarra e um viola e cantou a Sócrates o célebre fado "Se queres ir embora vai" do saudoso Tony de Matos.

Sem comentários:

Enviar um comentário